Estoque Mínimo e Máximo

Estoque Mínimo e Máximo

Para garantir que os fluxos de venda e fornecimento da sua empresa continuem ininterruptos, é preciso gerenciar o estoque de forma exemplar. Deve-se atentar, também, ao estoque máximo e ao estoque mínimo, conceitos pouco estudados e que são de suma importância para o bem-estar organizacional e a longevidade de qualquer empreendimento.

E o que é estoque mínimo?

Assim como não podemos ter mercadorias em excesso, também temos de cuidar para que a empresa possa atender plenamente às necessidades do consumidor. Isso significa encontrar o equilíbrio entre o fornecimento de produtos e a saída destes da loja. De forma sucinta, o estoque mínimo representa o número específico de itens que deve ser mantido a todo tempo.

O que é o estoque máximo?

O estoque máximo é a capacidade limite que uma empresa tem para estocar mercadorias ou matéria-prima em seu depósito ou almoxarifado. Ou seja: a capacidade de estoque em si incide sobre a demanda de mercadorias, tanto na etapa da produção como vendas, e até mesmo o armazenamento simultâneo de dados.

Ele é, em outras palavras, a quantidade de itens para comércio que uma empresa não deve ultrapassar. Quando isso ocorre, é o que chamamos de excesso de estoque. E nenhum gerente quer ter de lidar com produtos vencendo no fundo da loja que tem baixas chances de ser comprados, não é mesmo?

Como calcular ambos os estoques?

Para calcular o estoque mínimo : Estoque mínimo = consumo médio diário x tempo de reposição.

Para calcular o seu estoque máximo, basta utilizar a seguinte fórmula : Estoque máximo = estoque mínimo + lote de reposição.

 

Simples, não? Agora, você já sabe o motivo por trás da importância de se atentar ao controle de estoque e como garantir que a sua empresa nunca esteja em falta ou com excesso de produtos.

 

Vamos ver na prática como funciona no Sistema Simdata ERP :

Ainda com dúvidas? Entre em contato com a nossa equipe de Suporte!

© 2023 SimData Sistemas LTDA Todos Direitos Reservado